Abraham Lincoln caçador de vampiros (Seth Grahame-Smith)

Quando gosto muito de um autor costumo dar uma segunda chance caso ele me decepcione. Foi o que aconteceu com os livros que li de Seth Grahame-Smith: o primeiro, How to Survive a Horror Movie (ainda sem tradução no Brasil) achei fantástico. Aí chegou Orgulho e Preconceito e Zumbis e foi simplesmente uma decepção. Resolvi dar a tal da segunda chance com Abraham Lincoln caçador de vampiros, e agora fiquei com a sensação de que muito do que não gostei de Orgulho e Preconceito e Zumbis está em ter procurado humor onde não havia humor. Porque é óbvio que ao ler um título que una o nome de um dos mais famosos presidentes americanos com um dos monstros da moda, dá a sensação de que será uma piada atrás da outra (como em How to Survive a Horror Movie), tanto quanto a inclusão de “e Zumbis” no título do romance de Jane Austen. Mas o que Seth Grahame-Smith faz é construir uma aventura das boas usando uma personagem conhecida como ponto de partida. Não vou negar que há alguns momentos de humor, mas são mais leves. Abraham Lincoln caçador de vampiros deve ser lido como você leria qualquer livro que tenha vampiros. ((Ok, hoje em dia é melhor enfatizar: vampiros como vilões, monstros. Não os vampiros bonzinhos que se apaixonam por humanas etc. etc. etc.))

A história começa com Seth Grahame-Smith contando que enquanto trabalhava como caixa em um mercadinho recebera de um cliente chamado Henry nada mais nada menos do que os diários de Abraham Lincoln. O que ele percebe logo que começa a ler é que há um elemento até então não conhecido na vida do presidente: ele fora um caçador de vampiros. Após a introdução, começamos a ler o que seria uma biografia de Lincoln – mesmo estilo de texto, mesma voz narrativa, as mesmas fotos ilustrando passagens descritas ao longo do livro – só que é aí que vem o truque de Grahame-Smith, que sem abrir mão do que já é conhecido sobre a figura política, inclui o elemento vampiro de forma muito engenhosa.

Vemos a história de Lincoln do começo até o fim, mostrando o que fez dele um caçador de vampiros para então passar a descrever suas caçadas e aí o que o levara a se tornar presidente. Pessoalmente, acho o livro fantástico até o momento anterior à eleição de Lincoln, até porque acho que o enredo dá uma breve desandada ali, fica um pouco exagerado demais, aquela coisa de vampiros querendo conquistar os Estados Unidos que chega até a soar meio ingênua. Porém, é necessária para a explicação do que fez um homem simples virar o presidente norte-americano, o que acaba incluindo no enredo histórias desde a época da colonização. Mas mesmo que o ritmo caia um pouco nessa parte, o desenvolvimento da personagem faz com que chegando ao fim o leitor perceba que no geral vale mais do que a pena acompanhar a história tal como Seth Grahame-Smith conta.

Até porque ele realmente é extremamente cuidadoso ao copiar o estilo de biógrafos, é realmente impressionante como ele consegue impor ritmo, ação e emoção para um estilo de texto que normalmente é bastante frio, independente da figura de quem se fala. Em partes isso se dá também ao fato de que o autor inclui personagens inventadas como Henry Sturges (fantástico! gostaria que tivesse mais dele no livro) e outras reais, como Edgar Allan Poe (sim!!).

E até por causa disso foi uma experiência muito legal. Abraham Lincoln caçador de vampiros é extremamente divertido, como um livro de aventura. O que justamente me fez repensar sobre Orgulho e Preconceito e Zumbis. Acredito que muito da minha decepção estava em ter lido o livro procurando as mesmas piadas de How to Survive a Horror Movie. Com Abraham Lincoln caçador de vampiros, Seth Grahame-Smith mostra que é possível pensar em um enredo que de tão absurdo chega a ser engraçado, e mesmo assim conduzi-lo de tal forma que não deixe nada a dever às boas e velhas histórias de vampiros já publicadas.

Em tempo: este ano chega o filme de Abraham Lincoln caçador de vampiros. Claro que há mudanças para a adaptação, mas ao que tudo indica dará um bom filme. Para quem se interessar (e ler em inglês), já tem uma wiki disponível sobre o título,  que tem até uma categoria dedicada a apontar as diferenças entre filme e livro (como o filme ainda não foi lançado, claro que são poucas).

Abraham Lincoln caçador de vampiros
Seth Grahame-Smith
Tradução: Alexandre Barbosa de Souza
336 Páginas
Preço sugerido: R$39,90

Saiba mais sobre essa e outras obras no site da Editora Intrínseca

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s