Kindle: Compartilhando trechos grifados

Um dos maiores horrores de alguns bibliófilos é a ideia de riscar livros, grifando e anotando passagens que merecem destaque. Sei disso porque sou uma das pessoas que preferem gastar algum dinheiro com acessórios que não marcam o livro de modo permanente. Eis então que chega o Kindle e acaba com esse sentimento de culpa: você pode grifar o texto e fazer notas sem qualquer preocupação. Não vou entrar nos méritos dos motivos pelos quais nós bibliófilos não suportamos a ideia de riscar um livro de papel mas podemos fazer isso em ebooks, vamos aceitar que isso simplesmente acontece e seguir em frente, certo?

A questão é que o Kindle permite mais do que isso. Comprando a ideia das mídias sociais, o e-reader também oferece uma opção muito bacana, a de compartilhar esses trechos grifados no Twitter e no Facebook. Se for livro comprado na Amazon, chega inclusive a aparecer uma imagem da capa do livro que você está citando para ilustrar o trecho, como você pode ver aqui.

E é muito fácil de compartilhar, depois que você aprende. O Kindle por si só é uma ferramenta bem user-friendly, então mesmo que você não saiba inglês algumas coisas dá para aprender quase por instinto. Mas se você se sente meio inseguro de sair apertando botões às cegas, fique tranquilo, aqui vai um passo-a-passo de como compartilhar citações no Kindle.

1. Ligue o wi-fi. Sim, tem que estar com a internet funcionando. Parece meio bobo dizer isso, mas às vezes esquecemos desses pequenos detalhes.

2. Está na página do trecho que você quer grifar? Então com o botão do cursor (o grandão) clique nas setas para cima ou para baixo até chegar na linha do início da frase que você deseja destacar.

3. Clique no botão do meio do cursor (o que fica entre as setas).

4. Selecione o texto usando as setas da direita ou esquerda do cursor.

5. Se você clicar novamente no botão, esse trecho será apenas grifado. Mas agora vem o truque. Clique nos botões alt + a flechinha que aponta para a esquerda (que fica abaixo do botão DEL).

6. Onde diz “Enter your message”, clique em “Share” selecionando a opção com o botão do cursor. Na primeira vez que você fizer isso, terá que cadastrar tanto o Twitter quanto o Facebook que você deseja associar ao seu Kindle, mas o processo é bem simples e semelhante a um login nas páginas em questão: basta informar o email e a senha dos dois, e pronto. Depois desse primeiro cadastro, toda vez que você grifar um texto e quiser compartilhar, será automático, sem precisar logar.

E é isso. No Facebook aparecerá no seu mural dessa forma caso seja um livro comprado na Amazon:


Se for um arquivo que foi convertido para ser lido no Kindle, aparece como “Shared from a Personal Document”. No Twitter aparece como um url encurtada, assim:

E ao clicar no link, abre uma página da Amazon com a citação, link para o livro na Amazon e para um arquivo grátis do primeiro capítulo (eles não são nada bobos, ahhhn?), como dá para ver clicando aqui.

Definitivamente, um recurso bem legal. Até porque normalmente quando quero grifar um trecho de um livro é para lembrar ao comentar com alguém sobre ele. Desse jeito dá até para manter um histórico virtual de nossas passagens preferidas nos textos.

DISCUTA ESSE ARTIGO NO FORUM MEIA PALAVRA

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s