Harry Potter antes dos 30 – Parte III

Ok, confesso: desta vez eu me enrolei mais na leitura e até coloquei em risco minha meta de terminar a série Harry Potter antes de chegar aos 30 anos. Mas foi um pouco pelo fato de eu estar lendo depois que todo mundo já leu: não só os spoilers estragaram um pouco a leitura, como também uma vez que quase todo leitor da série ama dei paixão o terceiro livro, minhas expectativas estavam lá no alto. E o começo do livro não foi assim essas maravilhas, então fui deixando para trás entre outras coisas que lia no momento.

O negócio de o começo não ser “essas maravilhas” é porque achei meio enrolado. Se no primeiro e no segundo livro tínhamos aquela sensação quase de jogo de video game, passando de fases (ou seja, de aventura para aventura), aqui tudo é mais parado porque o grande risco que Harry enfrenta inicialmente são os dementadores (lembrando que estou lendo a edição inglesa então não faço ideia se traduzi certo os nomes).

Aí tem bastante Quadribol, bastante aula, fugas e afins, e a ameaça constante de Sirius Black. Nessa questão tem o principal problema da leitura mais tardia da coleção. É TANTA gente que adora a personagem que eu nem precisei queimar muito fósforo para saber que o sujeito não era malvado como davam a entender. No máximo seria um anti-herói, mas no final das contas não era de fato risco para o protagonista. Então essa parte perdeu um pouco a graça (já retorno ao Sirius!).

Outra parte que perdeu a graça foi o Lupin, que desde o começo a Rowling joga suspeitas sobre ele mas vá lá, nome latino já entrega a coisa. Lupin, lupino, lobo, blablabla. Não era nem metade do livro e eu já sabia qual era a natureza da personagem, embora eu deva dizer que foi um dos professores mais bacanas que apareceram ali em Hogwarts.

Sobrou assim tentar descobrir qual era o segredo de Hermione. Eu tinha chutado um feitiço de multiplicação, então ao aproximar da conclusão foi uma boa surpresa descobrir que eu estava errada. Mas convenhamos, saber como Hermione estava assistindo tantas aulas não é o suficiente para atiçar a curiosidade de um leitor. Mas eu segui aos tropeços, até chegar ali por uns 70% do livro (deus abençoe o Kindle!).

Aí a coisa muda completamente de figura. Esses 30% finais da história eu devorei em uma noite só, e adorei. E acho que é por conta disso que tanta gente elege Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban seu livro favorito. Foi muito legal saber mais sobre os pais de Harry, e o protagonista finalmente entra de fato em uma aventura nos moldes dos primeiros livros, então é um capítulo atrás do outro com surpresas e ótimos momentos.

E nisso voltamos ao Sirius Black. Como comentei, não consegui enxergar nele a figura perigosa que a escritora tenta passar inicialmente. Mas gostei muito da personagem, até porque não tem nada de certinho como a maioria das personagens “do bem” tem. E ele dá um alívio para a vida do coitado do Harry, então não tem como não gostar dele, né?

No geral gostei bastante, apesar do início mais enrolado. A porção final da história foi realmente a melhor das três que li até o momento, e verdade seja dita até fiquei bem curiosa sobre o quarto livro, mas acho que agora em dezembro terei bastante coisa para resenhar para o Meia Palavra então pelo visto minha meta não será cumprida. Mas tudo bem, prometo ler toda a coleção antes dos 31, há!

DISCUTA ESSE ARTIGO NO FÓRUM MEIA PALAVRA

Advertisements

10 thoughts on “Harry Potter antes dos 30 – Parte III

  1. Inspirada em você, Anica, vou traçar uma meta: “parar com essa fixação por Harry Potter antes dos 30” haha Ainda tenho cinco anos e dois meses para conseguir isso. Ou também posso acabar prolongando por mais um tempinho, estipulando o prazo para ‘antes dos 31’.

    E eu estava ansiosa para saber suas impressões sobre o terceiro livro da série que, como eu já disse, é o meu preferido (junto com “A Ordem da Fênix”. Há um paradoxo nisso aí, btw).

    E é impossível não gostar de Sirius Black. Eu me interessei por ele (fiquei curiosa) desde “A pedra Filosofal”, na página 18, quando Hagrid disse que tinha pegado a moto emprestada do jovem Sirius.

    Quando comecei a ler “O prisioneiro de Azkaban”, e vi o quê diziam sobre Sirius Black, eu me lembrei do nome “Sirius”. Eu sabia que já tinha lido algo sobre ele, em algum dos livros anteriores. Peguei o primeiro livro emprestado com uma amiga, só para conferir. LOL

  2. Eu gosto bastante do Prisioneiro de Askaban, mas o Clice de Fogo é o melhor da serie!Se bem que todos os livros da saga são bons =D

  3. hahahha….pelo menos vc tem uma ”meta” de conciguir ler , eu por mim em 2 meses li 6 livros da saga, eu sou doidinha pela historia, me deu ate vontade de estudar (coiza que deveria ser milagre), mais eu posso te dizer que são perfeitos, apesar do perfeito que eu tih fallo éh xeia de enrolação, mais vale a pena, sem falar que alimenta sua imaginação! bem boa leitura ….

  4. Realmente, o terceiro livro sempre foi meu preferido. Na verdade, é dificil eleger um livro de HP preferido, principalmente após a leitura do sétimo, que é uma Obra Prima.

  5. Eu gosto muito desta parte da vida do Harry Potter,e odeio essas pessoas que ficam escrevendo “saga”.Saga pra mim é uma ***** depois que lançou esta idiotice de C********* que não ouso falar nem o nome todo mundo pirou.O melhor filme que já assisti da vida de Harry Potter,foi o Prisioneiro de Azkaban.Achei legal ainda mais depois dos dementadores.Deixou o resto dos filmes mais quentes.Prefiro Prisioneiro de Azkaban do que Cálice de Fogo porque pra mim foi o pior filme da temporada.Mas nem queria mesmo é que esta temporada do Harry Potter acabasse. #oremos !

  6. é o meu livro preferido é realmente prisioneiro de azkaban ,esse livro foi realmente surpreendente só q eu acho q ficaria melhor se o sirios no final fosse pra casa junto com o harry, sei la ficaria legal ve o medo dos tios do harry por ele e o harry tira um pouco d proveito disso,é claro iria mudar muito as outras história mais ia se muito legal.

  7. O 3º é bom mesmo, mas o 7º é insuperável, uma surpresa atrás da outra, tudo muito bem ligado, um dos melhores livros q eu ja li na minha vida.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s