Invenções Literárias (parte I)

A Literatura é famosa por servir de inspiração para fatos marcantes da humanidade em vários sentidos. Assassinatos, golpes de estado, grandes composições musicais… basta observar com olhos mais atentos e sempre encontraremos uma história em especial que abriu os olhos de alguém para algo até então desconhecido. E com esse papel de “musa”, talvez uma das relações mais interessantes seja estabelecida com a Ciência.

Com a série Invenções Literárias pretendo mostrar algumas invenções que podem ter sido inspiradas na Literatura, tamanha é a semelhança da idéia passada pelo autor com a realizada pelo inventor. Aviso desde já que trata-se de um artigo de caráter lúdico, que visa estimular a leitura de algumas obras estabelecendo relações com invenções. Portanto, iniciaremos com nada mais, nada menos do que a menina Mary Shelley, que aos 19 anos de idade criou um dos monstros mais famosos da história da Literatura.

Mesmo que não tenha lido, é bem provável que em algum momento já tenha assistido a algum filme ou no mínimo ouviu comentários a respeito da mais famosa obra de Mary Shelley, Frankenstein. Como várias histórias da época (o livro foi publicado pela primeira vez em janeiro de 1818), essa sobre o “moderno Prometeu” marcava o espanto da sociedade com oas avanços científicos, questionando através do conflito criador x criatura até que ponto chegará o homem.

Mas o interessante é observar que de certa forma Mary Shelley pode ser considerada a vovó do Desfibrilador (aqueles aparelinhos usados para reorganizar o ritmo cardíaco, tão populares em séries como E.R.). Pois ao narrar a história de Dr. Victor Frankenstein e sua horrenda criatura, a escritora fala que foi a partir da eletricidade que o cientista conseguiu dar vida ao monstro ((em tempo: a cena tão repetida no cinema, com Dr. Frankenstein berrando alucinado “Está vivo!!” não existe no livro. Corre lá pegar o livro e leia o Capítulo 5 para ver como é que acontece de fato!)).

Muito embora experiências envolvendo animais e eletricidade já existissem (lembra das aulinhas sobre o Luigi Galvani?), é certo que Shelley foi além ao criar uma ferramenta que reanimasse uma criatura morta. Quase 80 anos após a publicação de Frankenstein, uma dupla de pesquisadores de Genebra (coincidência das coincidências: dr. Victor nasceu em Genebra!) mostra ao público o que seria a primeira desfibrilação através de pequenas correntes elétricas.

Se há ou não alguma participação da história de horror como “musa” de uma invenção que salvaria tantas vidas, não é possível saber. Mas não deixa de ser interessante observar como uma menina de menos de 20 anos no início do século XIX pudesse estar tão sintonizada com os acontecimentos científicos da época.

Sugestão de Leitura:

SHELLEY, Mary. Frankenstein São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

Se gostar assista:

Frankenstein (1931)

A noiva de Frankenstein (1935)

O jovem Frankenstein (1974)

Comente esse post no Fórum Meia Palavra.

Advertisements

5 thoughts on “Invenções Literárias (parte I)

  1. Adore o tema! Isso me lembra os aparelinhos que os trekkers usavam para se comunicar na série Star Trek. Era um celular, numa série futurista, que agora é do passado.

    E pensar que um celular chamado Star Tac, era idêntico ao modelo apresentado na série. Spock o/

    Quero só ver o que mais a dona Anica vai achar.

  2. Eu também adorei, tanto esse post quanto a idéia da série! Não dá pra saber de onde você acha essas coisas, mas dá pra ficar morrendo de vontade de saber os próximos…

    Muito bom! =***

  3. Muito bom o texto Anica, estou curiosa pra ver o resto da série!!!! Essa história de previsões é muito legal mesmo, afinal, o autor tem que ser uma pessoa multidisciplinar porque muitas vezes ele precisa sacar de física, geografia, matemática, história, entre outras, para que a trama não caia em descrédito… e daí acontece essas boas invenções que dão certo 🙂

  4. Não sabia que a criadora do Frankstein era uma menina com menos de 20 anos!

    Super interessante o texto =D

    É legal essas sacadas, parabéns Anica!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s